Translate

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

LETRA DE MÚSICA


LETRA DE MÚSICA

Vontade de fazer uma Letra de Música,
ichi, não tenho nenhuma Musa.

Então posso falar do Capitalismo,
em contra posição ao Socialismo,
mas nesse desenfreado Consumismo,
melhor mesmo falar de Anarquismo.

Ou então, da Pura Natureza,
com a Linda Flor Vermelha,
que atrai a útil Abelha,
nessa sinergia de subsistência,
pra adocicar nossa existência.

Nem pensar sobre Religião,
seja qual Dogma maléfico for,
que cega os incautos,
em sua perversa dominação.

Pode também cantar a Lua,
pra que a Alma desnuda,
que nos deixa muda,
pois ai, não há ajuda.

Chorar a Tristeza,
versar com sutileza,
toda a crueza,
pra tentar leva a Vida com destreza.

Tanto assunto pra Letra de Música,
mas sem uma Musa fica confusa,
vai que confunde com uma Medusa,
vai ficar dura feito Ferro – Gusa,
ai vai ter que explicar o lado certo da hipotenusa.

Vontade de fazer Letra de Música.
Melhor não, se não
ao Coração ter que pedir Escusa.

Marco Aurelio Tisi
( 29/12/2014 )


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

ILUSÃO


ILUSÃO


Há momentos que bate aquela Saudade,
mas sei que é Ilusão,
fruto da minha Ingenuidade,
que as vezes me dói,
pois enfim foi só Maldade.

Queria poder fazer uma Poesia Suave,
mas como faze – la , se não foi Verdade,
pode ser uma recaída minha,
posto que agora nesta ocasião Natalina,
vem essa Saudade e me contamina.

Já não creio em mais Nada,
há muito pouca honestidade do que se fala,
é muita gala pra quem se gaba.

Doe não poder fazer uma Poesia Suave,
não haverá cordialidade,
melhor suportar com passividade,
toda essa época de tanta hipocrisia,
e não se abater pela Melancolia,
é uma passageira desarmonia.

No fim, a lição aprendida,
com a Ilusão sofrida,
é que apesar de tudo,
a inspiração pra Poesia Suave,
talvez não tenha mais Fertilidade,
é acreditar que nem tudo é Maldade,
mas, principalmente, perceber com Sobriedade,
que é assim a Realidade.
Marco Aurelio Tisi
( 23/12/2014 )

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

INQUISIÇÃO


INQUISIÇÃO

Fazia mais de sete meses que não chovia,
e então foi a maior chuvarada,
destas que há muito não se via,
como consequência a cidade, mais uma vez
e como sempre ficou toda alagada.

Pudera, a cidade esta toda impermeabilizada,
e apesar da grande estiagem,
a prefeitura não fez com que ela fosse higienizada.

Então o rádio noticiou :-
todos os bueiros estavam lotados de “ santinhos “
da ultima eleição, aquela que como sempre,
elegeu e reelegeu os políticos de sempre.
Esses dementes, que nunca pensam na gente,
mas pra “ eles “ essa noticia foi um acinte,
imagina informar isso para o contribuinte.

De pronto, “ eles “ fizeram uma comissão,
e foram para Roma falar com o papa,
em uma grande delegação.

Lá reunidos, com o papa,
reclamaram do S. Pedro,
por ter enviado aquela chuvarada,
na região errada.

Sendo assim, eles querem o S. Pedro
queime na fogueira,
pois a chuvarada não caiu na Cantareira,
la onde o supra sumo da gestão governamental,
é fazer obra emergencial,
pra administrar terra e poeira.

Sobrou pra S. Pedro, esses políticos
com seus “ colarinhos brancos “,
não admitem ninguém atingindo seus flancos,
não querem nenhum comentarista analítico,
fazendo comentário critico.

E a delegação foi pra Paris,
esperar a decisão papal,
se S. Pedro vai pra fogueira,
por não ter a chovido na Cantareira.

Marco Aurelio Tisi
( 26/11/2014 )

terça-feira, 25 de novembro de 2014

BAU ILUSTRADO


BAÚ ILUSTRADO

Tenho um Baú Ilustrado,
nele tenho Amigos que me são tão Caros,
são Poetas, Escritores, Pensadores, Compositores,
e outros que tais, mas Eles tem muito preparo,
eles estão em forma de caricaturas,
pois Deles tenho uma ótima Literatura.

Esses Amigos Prediletos,
não são Graduados servis,
e muito Deles são
Auto didatas meritórios,
que só incrementam
meu Território.

É um Baú sem fundo,
nele cada vez mais,
cabe todo mundo,
deste mundo tão fecundo.

Tais Amigos são Imortais,
não são datados,
e o que deles extraio,
só me tem tocado.

E com tais Amigos,
percebi que neste nosso
pobre mundo, com muita tecnologia,
houve certa melhoria,
mas em matéria de coexistência,
há muita desinteligência.

Gosto de partilhar,
o que deste tais Amigos,
cada vez mais, me faz pensar,
e incrementar um saudável Filosofar.

Agora muito é virtual,
e muito dos Amigos que tenho,
são de ótimo astral,
e com Eles compartilho,
o pensar dos habitantes
do meu Baú Ilustrado,
que muito me deixa encantado,
para enfim não nos deixar prostrado.

Marco Aurelio Tisi
(24/11/2014 )

domingo, 16 de novembro de 2014

VENTO ENCANTADO


VENTO ENCANTADO

A coisa esta apocalíptica,
a falta d'água é critica,
na torneira não há mais substancia,
dela só sai vento encanado,
então é mágico
e transforma o vento em encantado,
e na torneira o que goteja é Poesia.

Goteja Poesia,
pra não ficar na agonia,
sede agora é de harmonia,
e o banho é de fantasia.

Mazela de falta d'água,
falta arvore na natureza,
desmataram a sutileza,
acabou a Nascente,
não há mais rio fulgente,
o clima não esta clemente.

Mas ficou fácil justificar,
o não gerenciar,
a culpa esta dogmatizada,
o santo ficou com a moral amaldiçoada,
por não mandar a chuva precipitada,
e a água que se procura esta contaminada.

Torneira com nova função
de expelir Vento encantado,
nesse viver esfalfado,
pra amenizar resignado,
daquilo que se estava habituado.

Sede de harmonia,
banho de fantasia,
no vento encantado,
pra dar sobrevida
a Poesia.

Marco Aurelio Tisi
( 16/11/2014 )

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

CAFÉ COMPRIDO



CAFÉ COMPRIDO

Já é meio de semana é Quarta Feira,
ainda querendo que a semana seja faceira,
ponha água pra ferver na chaleira,
vou fazer um Café Comprido,
com pó Extra Forte bem curtido,
pra não ficar com o dia comprimido.

Vou colocar o Café na garrafa térmica,
pra ir tomando com uma certa métrica,
pra fazer desta Quarta, bem Poética.

E de cada xícara, uma lembrança,
algumas de um sonho de aliança,
outras de querendo sempre ser criança,
e de que havia uma furtiva segurança.

É um gostoso Café Comprido,
que é bem sorvido,
mas que não será com ninguém dividido,
e fico com isso com o pensamento perdido,
mas desta situação tem que ser bem absorvido.

É Assim Que É, o Viver esta premido,
melhor não tentar nada, para não ficar abatido,
o que importa é o Café não estar fervido,
e que nada seja fingido,
e o coração fica calmo e contido.

É Quarta Feira,
a semana há de ser faceira,
com o café comprido,
pra essa Vida fazer sentido.

Marco Aurelio Tisi
( 05/11/2014 )

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

LATA DE SARDINHA



LATA DE SARDINHA

Tive que ir ao centro da Cidade,
isso é uma grande calamidade,
precisei usar aquela Lata de Sardinha,
aquela que esta mais que Corrompida,
e na lotação daquele trem,
havia parte daqueles 57 %
de cúmplices anestesiados,
que não bebem água nem tomam banho.

Pois é, essa coisa da Cumplicidade,
sempre é um ato de maldade
que causa aos outros muita malignidade.

Marco Aurelio Tisi

( 30/10/2014 )

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

OPORTUNIDADE

OPORTUNIDADE

Próximo domingo haverá Eleição,
então estará perdida a grande Oportunidade
de se fazer uma silenciosa Revolução,
que seria, ninguém ir na Votação,
eis que este nosso pobre Brasil
esta enlameado, em todas as instâncias
de tanta má gestão.

Mas, por incrível que pareça
essa mesma corruptela,
será eleita e reeleita,
por suas promessas de sempre,
como acontece em toda Eleição,
e depois de eleitos, virão à tona a revelação,
do mar de Corrupção.

Dizem que o Brasil é uma Democracia,
mas o voto aqui é obrigatório,
eis ai a grande contradição,
e assim segue os pleitos sem modificação,
são sempre os mesmo, ano após ano,
geração após geração,
de políticos de muitas hipocrisias.

Mas neste pobre Brasil, em matéria de política,
não há Mérito, o que há mesmo é desmérito,
e há o Teatro dos inquéritos,
para os políticos fazerem as gincanas
das instâncias judiciais,
recorrendo e recorrendo, para no fim,
esses políticos terem seus beneméritos.

Então, vou aproveitar a Oportunidade,
e tal qual um “ Dom Quixote “,
vou fazer minha solitária Revolução,
não vou votar não,
não serei cúmplice dessa farsa,
não vou dar legitimidade,
para esse políticos de sempre,
que são uma calamidade.

Entretanto, não existe ingenuidade,
neste sistema todo, eis que esses políticos,
nada mais são que o “ Espelho “ da dita sociedade ,
uma vez que são admirados pela sua esperteza.
De chegar ao poder, com muita saciedade,
e por isso mesmo não haverá para a Revolução,
a grande Oportunidade.

Marco Aurelio Tisi
( 02/10/2014 ) 


quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Comemoração




Hoje, Exatos Dois anos e Dois Meses sem fumar, para tanto, um Bolo de Cenoura para Comemorar.

Na Foto, além do Bolo, claro, os meus Amigos que Comemoram comigo : -

Da esquerda pra direita: -

Anjo Querubim Violino, que veio comer um pedacinho.

Bruxinha Aninha, que é um “ pouco “ fominha.

Laurel & Hardy , que apesar de estarem tristes, por não conseguir a Independência da Escócia,
uma vez que continuarão a ter que sustentar “ aquela família perdulária “ lá de Londres, mesmo assim, vieram comer um pedacinho do bolo.

E Nika Coruja, que não pode comer muito se não fica “ Gorducha “

É isso, tem que levar a Vida de Cara Limpa, que é bem supimpa.

( PS. A foto tá tremida porque a vontade de comer já estava incontida )

Marco Aurelio Tisi
( 25/09/2014 )

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

QUE SEJA MUITO FLORIDA


QUE SEJA MUITO FLORIDA

É de manhã toda enevoada,
com uma brisa ainda gelada,
já desponta Linda Aurora Dourada,
com trilha sonora da Passarada,
é enfim a Primavera
em mais uma nova temporada.

Eis ai a real passagem da vida,
onde espera que tudo se cicatriza,
é o momento da grande reflexão,
renascer em nova transformação,
sob o comando único e exclusivo
da Natureza, sem mais nenhuma
intromissão.
Nada mais existe a não ser a Natureza,
em sua mais pura expressão.

E tal qual a Natureza,
fazemos a nossa renovação,
nos livrando dos Teóricos Dissimulados,
dos Pseudos hipócritas Espiritualistas,
dos não Solidários temerários.
Melhor de tudo poder viver sem ser sectário,
mesmo que seja um tranquilo Solitário.

Então é a chegada da Primavera,
nossa real passagem para mais um ano de vida,
então para Todos que sejam sinceros e verdadeiros,
“ Que esta nova Primavera que se inicia, que seja muito Florida “

Marco Aulreio Tisi
( 24/09/2014 )


sábado, 13 de setembro de 2014

DARKNESS


DARKNESS

Darkness é uma palavra estrangeira,
que me tem uma sonoridade,
com um que de fatalidade,
lembra uma imensa sinistralidade.

Assim como uma estatística,
de muros que estão a se erguer,
nesta insana luta pelo poder.

Esta havendo muito Racismo,
muito “ Homo fobismo “,
conjugado com muito Ecumenismo,
tudo travestido de Pseudo Patriotismo,
que só nos ira levar para o Abismo.

Tempos Negros estão no porvir,
e a Todos ira nos Pungir,
estamos numa encruzilhada,
ou iremos permanecer
em uma Republica Sindicalista,
e sem saber o que é mais pior,
iremos mergulhar
numa Republica Fundamentalista,
eis ai uma realidade pessimista.

Por isto que lembrei
da palavra Estrangeira
“ Darkness “,
que pra quem não sabe
quer dizer” Escuridão “,
é o que prevejo pro futuro,
que ira cada vez mais
ser muito escuro.

Mas nessa hora
é bom ser Poeta,
vou me refugiar
no “ Lado Escuro da Lua “
ou como diria Pink Floyd
“ The Dark Side Of Moon “

Marco Aurelio Tisi

( 13/09/2014 )


domingo, 31 de agosto de 2014

TRÊS MARIAS


TRÊS MARIAS

Céu extremamente Estrelado,
Anoitecer Magicamente Enluarado,
Refletido em Ritmado Mar Ondulado,
Despontado por incríveis Três Marias.
Um Magnifico Caos Harmonioso.

Melhor ir para o Costão, deitar nas pedras,
pra tomar um Poético banho de Lua,
cravejado de Estrelas Cadentes
de extraordinária Candura,
e fazer pedidos as Três Marias
para que sempre a Poesia se Perpetua.
Verdadeiro Sonho Acordado
com tanta ternura.

Mas num átimo de segundo,
as tão próximas Três Marias,
zarpam cada uma delas
para uma diferente direção,
eram Elas uma Alienígena formação.

Nossa, assustador,
não, não a formação Alienígena,
mas essa Independência Feminina
destas Belas Três Marias.

Marco Aurelio Tisi

( 31/08/2014 )

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

CEDRO LIBANÊS

CEDRO LIBANÊS

Hoje a Aurora esta tão escura,
não há a mínima cor nesta textura.

Coloco pra tocar o Paco de Lucia
dedilhando “ Cocierto Aranjuez “
e resolvo escrever uma carta ,
cheia de Salamaleques,
falando de banalidades,
desejando muita tranquilidade,
com muita sensibilidade.

É uma carta endereçada
há Lindos ” Olhos Verdes “.
que coloco na caixa postal do tempo,
que remeto pros anos Setenta,
a carta segue por aquela estrada
de terra vermelha,
lá pro Norte Paranaense,
onde na Aurora fria e dourada,
desponta uma Cafezal esverdeada,
e lá na colina vislumbra -se
o Cedro Libanês.
Eis ai uma bucólica imagem Camponês.

Pronto, colori minha Aurora,
nada como ter o Pensamento Alimentado,
Aurora Dourada,
terra vermelha,
Cafezal esverdeada,
Cedro Libanês,
e claro,
Lindos Olhos Verdes.

Marco Aurelio Tisi
( 29/08/2014 )

domingo, 24 de agosto de 2014

MEL E MARGARIDA


MEL E MARGARIDA

As Abelhas estão sumindo,
não se sabe para onde Elas estão indo,
não surpreende que este fato tenha advindo,
este é um dos inúmeros fatores
que esta à Natureza sucumbindo.

As Abelhas estão sumindo,
e sem mel fica menos doce a Vida,
que fica menos Bela sem a Margarida.

As Abelhas estão sumindo,
pudera, eles estão trocando
a Mata Ciliar por Condomínio.
Eles estão trocando a floresta Nobre,
pra engordar gado Nelore.

As Abelhas estão sumindo,
e o bom da Vida vai se esvaindo,
nada mais será Natural,
até o Mel e a Margarida
será artificial.

Mel e Margarida,
pra torna a vida
mas doce e bonita,
abelha Bonita perdida,
é muito triste essa
tua Despedida.

Marco Aurelio Tisi

( 24/08/2014 )

domingo, 17 de agosto de 2014

CONSTELAÇÃO 408

CONSTELAÇÃO 408

Há uma nova Constelação no Céu,
ela é a Constelação 408,
formada por 408 “ estrelinhas “
de Curumins Palestinas.
Como já foi dito antes,
este é um dos modos à explicar
a Morte para as Criancinhas.

Elas, as “ estrelinhas “, são vitimas
dos Senhores da Guerra,
que com seus interesses escusos
para se manter o Poder Material,
incutem em seus Povos,
promessas de Paz e Paraíso Imaterial,
e claro sem se discutir o que é o essencial.

E enquanto isso, o resto do Mundo,
apático, assiste no telejornal,
em Horário Nobre,
essa guerra de Gladiadores Hi tech,
como se fosse um mero Flash.

Mas os Senhores da Guerra,
agora estão num armistício,
cujo único propósito,
é reabastecer de munição,
seus respectivos depósitos.

Feito isto, entre eles se acusaram
de não cumprimento do armistício,
para dar prosseguimento,
a essa luta insana de levar
cada vez mais vidas ao Sacrifício.

E então a Constelação 408,
ira mudar de nome para
Constelação 508, 608, 708 …......

Marco Aurélio Tisi

(17/08/2014 )

sábado, 16 de agosto de 2014

FLOR DE AGOSTO

FLOR DE AGOSTO

É Agosto, e com muito Gosto
ganhei do Inverno,
uma linda Violeta Branca e Lilás,
pra compensar um pouco
esse nosso pobre Mundo
que esta um Inferno.

É Agosto, as vezes com Gosto
Doce e as vezes Amargo,
mas “ É Assim que É “
e disto eu Gosto.

Neste Agosto já teve de tudo,
Fantasma do Passado,
que insiste em não ir embora,
embora seja coisa de outrora,
mas Agora tem essa Linda
Violeta que eu ganhei
do Agosto que eu Gosto,
é reconfortador,
e que me faz inspirador,
de uma Singela Poesia
sem muita Dor,
porque o que importa,
é dessa Linda Violeta,
ser Inspirador.

Marco Aurelio Tisi

( 16/08/2014 )


terça-feira, 5 de agosto de 2014

PAZ CELESTIAL


PAZ CELESTIAL

Há horas que o que se mais se quer é a Paz Celestial,
que seja numa praia deserta e ensolarada,
cujo som ambiente, além de o mar quebrando na praia,
tenha também um solo bem tranquilo do Pink Floyd,
e que se eu resolver fazer uma Poesia de Saudade,
eu a escreva na areia, pra quando a maré chegar
à leve para o lado escuro da Lua,
para lá ficar guardada e resguardada,
de quem a queira desconstruir.

Ser Poeta acima de tudo é se expor,
e não temer Criticas seja de quem for.

Entretanto, de jeito nenhum aceitar,
de quem é o motivo da Dor maior,
nesse Coração que nunca cicatriza,
tenha esta a falta de sensibilidade
de desmerecer minha licença Poética,
e transforma – la em mero clichê.

Pois eis que tal uma Vampira
sugadora de sentimentos alheio,
emergida de um passado tão triste,
se veja no direito de de repente,
incomodar meu desassossego,
alimentando assim meu sôfrego.

Quero ficar na minha Paz,
uma Paz fraternal,
nessa minha solitária vida imaterial,
que pra mim é tão essencial,
onde almejo a minha Paz Celestial.

Marco Aurelio Tisi


( 05/08/2014 )  

quinta-feira, 31 de julho de 2014

ESPERANÇA


ESPERANÇA

Ela é uma Linda e meiga Menina Palestina,
que por coincidência ou não,
esta trajando um vestidinho verde,
então, como dizem ser o verde a cor da Esperança,
é ela a menina Palestina com Esperança.

Ela agora, esta recolhendo, nas ruínas dos bombardeios,
Livros que restarão desta guerra insana,
assim como se estivesse colhendo flores,
talvez até, porque agora ela seja uma refugiada
em uma escola, que pensa ser um lugar seguro.

Ms isso é um ledo engano,
eis que mesmo as escolas são alvos
que não são poupados,
da voracidade ignóbil dos Senhores da Guerra,
porque estes, estão em seus “ bunkers “ protegidos,
enquanto tramam a insanidade ignóbil
deste Eterno conflito,
que a cada dia que passa só há mais vitimas fatais,
principalmente crianças inocentes, a contar.

Esse nosso Mundo louco, é assim,
certas situações nunca irão acabar,
como por exemplo agora o “ Nazismo “
que simplesmente só mudou de lado.

Então se a Querida Menina Palestina com Esperança
sobreviver do seu refugio,
que pensa ser seguro de mais um bombardeio absurdo,
na próxima obscura Aurora,
Ela irá procurar mais Livros,
como se estivesse colhendo Flores,
nos escombros da Intolerância.

Marco Aurelio Tisi


( 31/0702014 )

sábado, 26 de julho de 2014

PEDRINHAS


PEDRINHAS

São duas Lindas Crianças,
uma Palestina outra Israelita,
elas tem no coração
a mais pura inocência,
que alias é entre Elas
para a Amizade a Essência.
E a brincadeira que mais gostam
e fazer casinhas de pedrinhas,
para então para sempre serem vizinhas.

Mas Elas irão crescer,
e para cada um de um jeito diferente,
mas com o mesmo efeito influente,
será incutida em seus Corações
a semente do ódio através de Dogmas
que lhes causará as piores aflições,
que resultará entre as suas Amizades
a total dilaceração.

Mas é claro que daqueles
que plantaram os tais Dogmas,
nos corações dos amigos inocentes,
é só um subterfugioso para obter o Poder,
e entrar em uma eterna Cisma,
cegando de vez os corações do rebanho,
que agora só vive se engalfinhando.

E é claro que dos céus,
não vira nenhum raio,
para punir os incutidores
das sementes odiosas
nos corações das crianças
que agora estão cegas
pelos Dogmas maléficos.

E então da próxima vez
que as então Crianças Amigas
Israelita e Palestina se encontrarem,
elas atiraram, uma na outra,
pedras e mais pedras,
para destruir de vez,
o sonho que tinham, quando Crianças,
de serem vizinhas,
em casas feitas de pedrinhas.

Marco Aurelio Tisi

( 26/07/2014 )  

sábado, 28 de junho de 2014

CORUJA TÍMIDA


CORUJA TÍMIDA

Coruja Tímida,
Guardiã do Luar,
que para aqueles
que acreditam no Amar,
possam se Enamorar.

Coruja Tímida,
com olhar cintilante,
lá na Serra da Canastra,
na noite escura
pousada no mourão
da cerca que serpenteia
a estrada de terra batida,
orienta o eremita,
que por lá caminha.

Coruja Tímida,
Coruja Buraqueira,
que na sua Solidão,
é toda bailadeira,
sua presença,
me agrada sempre
sobre maneira.

Coruja Tímida,
que de dia
fica sumida,
te espero
na noite de Luar,
pra Você me Acalentar.

Marco Aurelio Tisi
( 28/06/2014 )

domingo, 22 de junho de 2014

INVERNO


INVERNO

Chegou o Inverno,
to aqui nessa cama fria,
acho que queria um
colo Materno.

Abro meu caderno virtual,
pucho uma pagina digital,
começo essa Poesia
com uma letra Arial.

Penso como faço Poesia,
nem sei se Ela tem métrica,
se terá alguma réplica,
só espero que Ela não seja tétrica.

Já evito falar de Amor,
dele já desacredito,
é um sentimento que não existe,
mas que faz doer e causa dessabor.

Amor, é feito aquele ditado castelhano
«No creo en brujas, pero que las hay, las hay»
acho isso verdadeiro,
melhor evitar algum engano.

Prefiro Poetar o cotidiano,
um pouco do Social,
só espero não ser profano.

O Inverno chegou,
vou deixar minha barba crescer,
pra um ermitão parecer,
e as vezes umas Poesias fazer.

Marco Aurelio Tisi
( 22/06/2014 )


segunda-feira, 16 de junho de 2014

VERNÁCULO

VERNÁCULO

Nossa Amada Língua Portuguesa,
de uma sonoridade de tanta singeleza,
que quando bem dita é desprovida
de pobreza e rudeza.

Mas para tanto o Vernáculo,
tem que ter Glossário
pra alimentar o Dicionário,
e assim fluir o Vocabulário.

Mas há que exercitar a Literatura,
pra embarcar na Aventura,
sofrer com Amargura
do fim do Amor
que consome a Criatura,
enfim, o Principal
alimentar a Cultura.

Nossa Amada Língua Portuguesa,
que quando bem dita,
explica e exemplifica,
é cordata pra quem se tem contato,
se faz entender de imediato,
onde tudo fica mais exato.

Mas infelizmente,
não é assim tão corrente,
pois o Vernáculo não é inerente ,
a maioria de muita Gente.

Então, vence o “ baixo calão “,
fruto da falta de Erudição,
independente de Graduação,
eis ai o resultado da Mau Educação,
consequência de incomoda situação.

Tem que se alimentar da nossa Língua Portuguesa,
de um Vernáculo que é sempre uma surpresa,
de palavras com tantos sinônimos,
contrapostos com tantos antônimos.

E só pra dar um exemplo :-

Nossa Língua Portuguesa tão “ Dileta “,
ou seja, tão “ Predileta “
Entenderam ????????

Marco Aurelio Tisi

(16/06/2014 )    

terça-feira, 27 de maio de 2014

ESTRELINHA


ESTRELINHA

Era um lindo Curumim Iluminado,
e agora no Céu é mais uma Estrelinha,
este é um dos modos de explicar a Morte
para os seus Amiguinhos Criancinhas.

O Inocente Curumim Iluminado,
por ter que conviver
com um dependente, demente,
com o miolo fritado,
foi por este, vitima de um ato tresloucado,
que resultou em seu viver abreviado,
e agora todos estão Petrificados.

Mas Todos, agora, estão orando
pelo Curumim Iluminado,
para que Ele tenha o seu caminho
para Redenção,
em uma nova Dimensão.

Ou será que Todos, agora , estão orando,
para terem o Perdão,
do pior pecado que praticaram,
que foi o pecado da Omissão,
pois sabiam do risco que corria
o Curumim Iluminado,
por ter que conviver
com o dependente, demente,
de miolo fritado,
e nada fizeram para que o
Lindo Curumim Iluminado,
não tivesse seu Viver Abreviado.

É assim, que tantos outros
Inocentes Curumins Iluminados,
tem que conviver, em algum momento,
com dependentes, dementes,
de miolos fritados,
e TODOS sabem, mas se fazem de rogados.

Então, talvez, mais um Curumim Iluminado
passará a ser mais uma Linda e Triste Estrelinha
em um Céu Lacrimejado.

Marco Aurelio Tisi

( 27/05/2014 )


terça-feira, 13 de maio de 2014

FRAGMENTADA


FRAGMENTADA

Este mês na conta da operadora
veio uma declaração
me dando uma geral quitação
dos anos que passaram.

Ótimo isso,
agora toda aquela papelada
sera devidamente fragmentada.

Mas tinha tanta conta,
que tem horas que a maquina
não dá conta,
então tem que se fazer uma pausa,
para ela voltar a fragmentar.

E nesse ínterim, tive a curiosidade
de ver para quem tinha ligado,
melhor mesmo se não tivesse olhado.

Havia tanta ligação,
algumas de tamanha duração,
tantas que para mim
eram de tamanhão devoção,
mas na realidade agora percebo
que ao lembra me causa
uma certa aflição.

Mas agora as contas estão
sendo fragmentadas,
como talvez as conversas
foram fragmentadas,
enfim as vezes agora
é a Saudade Fragmentada.

Marco Aurelio Tisi

(13/05/2014 )
" Poesia é antônimo de censura "

Sara Meynard